Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

As pegadas da coelha

"Transforma-te na tua melhor versão"

Crepes com amor e sem glúten

IMG_0890.JPG

 

Tempo de mimar o menino doentinho, antes que ele comece... a reclamar porque só faço receitas cá em casa e não lhe dou a experimentar as guloseimas. Por isso, toca la a fazer crepes ara o lanche, é fácil, rápido e são deliciosos.

Experimentei mais uma receita nova com farinha sem glúten, neste caso a farinha de arroz (podem usar de milho ou outra qualquer), só para contrariar o gozo que levo por andar sempre a experimentar diferentes tipos de alimentação. Então toma lá crepes glúten free que são bem bons!

 

Ingredientes

 

100 g de farinha de arroz (uma chávena de chá)

3 ovos (de galinhas felizes de preferência)

250 ml de leite de soja ou outro

Uma colher de manteiga (de preferência sem leite)

Uma colher pequena de fermento sem glúten

Uma colher de adoçante (não usei)

Uma pitada de sal 

 

IMG_0878.JPG

 

Modo de preparo:

 

Misturar a farinha com o fermento num recipiente.

Bater os ovos á parte e junta-los ao preparado da farinha (podem fazer um buraco no meio da farinha para ser mais fácil envolver). Acrescentar adoçante e misturar tudo com uma vara de arames e colocar uma pitada de sal.

 

 

IMG_0880.JPG

 

 

Reservar o preparo e noutro recipiente envolver o leite com a manteiga já derretida no micro ondas.

Acrescentamos essa mistura aos poucos aos outros ingredientes mexendo sempre  até conseguirmos uma massa fofa. 

 

IMG_0881.JPG

IMG_0882.JPG

 

 

Pronta a massa é só colocar em lume brando uma frigideira antiaderente com um pouco de óleo de coco, azeite ou manteiga, mas sem grandes excessos, podem mesmo embeber um guardanapo e passar na mesma.

Colocamos a massa com uma concha e espalhamos por todo o fundo da frigideira e após ficarem dourados e ganharem bolhinhas, viramos o crepe e deixamos cozinhar do lado contrário. A que usei de anti aderente já não tinha nada, foi um milagre conseguir que saísse algo comestível dalí. Apesar dos rebordos um pouco deselegantes o conteúdo foi aprovado pelo mimado.

 

 

IMG_0885.JPG

 

 

 

 

Crepes aptos para celíacos,mas podem ser feitos perfeitamente com farinha normal e com lactoses, fica ao vosso critério.

Usei morangos, gelado de doce de leite e topping de chocolate feito na hora para acompanhar. Fazer o topping é bem simples, coloquei meia tablete de chocolate negro ao lume com uma colher de sopa manteiga e aos poucos acrescentei leite de soja para amenizar o amargo do chocolate. Convém mexer sempre o preparado e pode ser feito enquanto os crepes cozinham. Podem sempre optar por um acompanhamento mais fit para manter o corpinho em forma para o Verão. 

 

A massa deu para cerca de 6 crepes grandes, rápidos e deliciosos!  

Experimentem e dêem-me o vosso feedback. 

 

 

 

 

Waffles sem essa coisa de glúten

IMG_0274.JPG

 

Há quem diga que não nos precisamos de preocupar com o glúten dos alimentos se não nos for atribuído o rótulo de celíacos, há também quem defenda a posição contrária de que o nosso organismo não foi treinado para digerir todos estes novos produtos  (massas, farinhas...) que não existiam na idade da pedra.

Manias ou não da onda do glúten free deixo-vos uma receita que serve de breakfast, lanche fit ou mesmo para os dias de gula.

Alterei a receita original, retirei açucares e quantidades, pois considero que não é necessário apetrechar a waffle/panqueca ou mesmo crepes, com ingredientes gordurosos ou açucarados se já vamos acrescentar um recheio doce ou salgado no final. Esta receita dá para cerca de 3 waffles e pode mesmo ser usada para panquecas.

 

Ingredientes:IMG_0241.JPG

 

1 copo mais meio de  farinha de arroz 

1 copos leite vegetal (não há cá lactoses)

2 colheres de chá fermento em pó

1 ovo (de preferência de galinhas em liberdade)

1 colher de chá sal

1 colher de chã de stevia

 

Passamos ao processo de confeção dificílimo:

 

  1. Colocar todos os ingredientes no liquidificador, excepto o ovo e misturar durante 1 minuto.
  2. Adicionar os ovos e voltar a misturar.
  3. Aquecer a máquina de waffle ou frigideira antiaderente untada com azeite ou óleo de coco.
  4. Colocar a massa na maquina ou uma pequena quantidade na frigideira e deixar dourar, repetindo o processo de ambos os lados.

 

Quanto à cobertura, resta improvisar a gosto, eu fiz com compota de figo, banana, sementes de sésamo e nozes. Outra opção com mel, canela, frutos vermelhos,sementes de chia e coco ralado.

Ficaram fofinhas como fatias de bolo, nhaaaammmm!

 

 

IMG_0243.JPG

 

Mais sobre a coelha

foto do autor

Pub

Parceiros

lista de parceiros

Vasculhar

 

Correio

Instagram

Facebook

Bloglovin

Follow

Baú

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D