Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

As pegadas da coelha

"Transforma-te na tua melhor versão"

Máscaras e esfoliantes naturais para a pele

IMG_6831.JPG

 

 

 

 

 

Caros leitores, a Coelha tem andado com o tempo limitado para conseguir produzir conteúdo para o nosso blog. Espero em breve poder fazê-lo com mais frequência e mimar-vos como bem merecem.

O post desta semana está relacionado com a minha busca incessante por uma vida mais natural e por tudo aquilo que colocamos em contacto com o nosso corpo.

A idade avança, o acne ainda perdura e a pele apresenta algumas marcas causadas pelas mãozinhas marotas que não deixaram de espremer tudo o que é borbulhas e pontos negros, assim como as manchas que foram mais vincadas pela ação solar.

Já dizia a minha mãe "o mal e o bem à cara vem" e o que é certo é que o nosso rosto espelha a nossa alma e por isso vos escrevo hoje com algumas estratégias para fomentarmos nossa beleza facial.

 

Para além da alimentação saudável e beber muita água que já todos sabemos é importante uma limpeza facial adequada com os produtos certos (leites de limpeza, tónicos, águas termais, lavanda...). A par disto, as máscaras faciais e as esfoliações são uma ótima opção para nutrir e eliminar as manchas causadas pela acne e agressões do dia à dia.

 

 

 

Mascaras para rosto com acne e manchas

 

A mascara de tomate é um importante hidratante, esfoliante e tensor, elimina espinhas e cravos.

Para preparar, devemos cortar o tomate ao meio e passar pelo rosto, deixando atuar por 15 minutos.

 

A mascara de limão, que se apresenta como uma fruta multifacetada, combinada com o mel (uma colher de sopa de cada) aplicada por 20 minutos com um algodão e retirada com água mineral também tem esta ação anti-manchas.

 

 

 

Esfoliantes

 

Os tratamentos esfoliantes são muito importantes no que toca a manter a pele jovem e e limpa, eliminando as impurezas e células mortas que se acumulam no nosso rosto e corpo deixando a pele opaca.

São alguns dos ingredientes esfoliantes o açúcar, que deve ser aplicado com cuidado para não agredir a pele, a aveia de preferência hidratada que é um dos melhores esfoliantes naturais (em flocos inteiros, farinha de aveia, aveia moída, ou flocos finos) . A argila com muitos benefícios para a pele (mais suave que o açúcar) e o café um importante iluminador. Estes tratamentos não devem ser feitos com exposição solar para não causar manchas na pele, dái o indicado será fazê-lo à noite.

 

 

 

Preparação do Esfoliante

 

 

Farinha de Aveia e Mel

  • Farinha de Aveia
  • Óleo essencial de lavanda
  • Mel

Misturar uma colher de sopa de farinha de aveia, uma colher de chá de mel e 3 gotas de óleo essencial de lavanda. Humedecer o rosto e massajar o preparado com movimentos circulares.

 

 

Esfoliante de Café

  • Pó do café
  • Óleo vegetal (óleo de coco, azeite, óleo de abacate, óleo de amendoas doces...)

Misturar  uma colher de sopa de café, uma colher de sopa do óleo e massajar.

 

 

Esfoliante de Argila

  • Argila 
  • Óleo essencial de lavanda

Misturar uma colher de sopa de argila, uma colher de sopa de água ,3 gotas de óleo essencial de lavanda e massajar.

 

 

Esfoliante de Banana

Esta receita é especialmente para as pele oleosas, já que não contém nenhum tipo de óleo.

  • 1 banana bem madura
  • 3 colheres de açúcar mascavado

 

Triturar a banana e envolver as três colheres de açúcar e massajar.

 

 

Esfoliante de Limão

O limão é conhecido por suas propriedades adstringentes, desintoxicantes e limpadoras. Este esfoliante para o rosto deixará a pele suave, limpa e sem imperfeições.

 
  • 1 chávena de açúcar
  • ½ chávena de azeite 
  • O sumo de meio limão

 

Misturar o açúcar com o azeite e adicione o suco de limão. Mexa bem todos os ingredientes e logo aplique sobre a pele fazendo suaves massagens circulares. 

 

Dicas para melhores resultados

 

  • Para facilitar a massagem é importante humedecer a pele para que o produto deslize melhor..
  • Depois da esfoliação, devemos aplicar cremes hidratantes.

 

 

Espero que estas tenham sido dicas simples e práticas para aplicação nos vossos rituais de beleza uma a duas vezes por semana. O recurso a produtos naturais e certamente a melhor opção, irá respeitar a nossa pele, bem como a nossa saúde e o ambiente. Vamos cuidar do nosso maior órgão com carinho e deixa-lo mais hidratado e mimado.

 

 

Da bela da posta à mirandesa à erva de lameiro

cruelty-free.jpg

 

 

Desde que há cerca de dois anos comecei a interessar-me pelo vegetarianismo e veganismo, numa vertente alimentar pensava eu, até me deparar com um ciclo vicioso que abrangia todas as ações do meu dia-a-dia.

É realmente uma filosofia de vida, uma comunhão com a natureza e com todos os outros seres que nela habitam. Dei por mim a não dar um passo sem pensar nas questões ambientais e no sofrimento dos animais, no que comia, no que vestia, nos utensílios que usava, até a porcaria da escova de dentes era derivada de animais... É realmente traumático, mais vale ser ignorante! 

 

Este bichinho apareceu através do contacto com amigos veganos e vegetarianos, os livros também são culpados, nomeadamente o Poder Sem Limites do Tony Robbins e como se não basta-se fui cuscar o documentário Cowspiracy o que foi o fim da picada.

 

Mudei completamente a alimentação e fui do 8 ao 300, tirando todos os componentes de origem animal e foi uma fase onde realmente te sentes um alien: "bates-te com a cabeça?", "tira fotos a tudo o que comes, para podermos ter provas do que morreste", "não tens pena da plantas também?", "estas a perder a cor", "temos bifanas, mas se quiseres também há muita erva de lameiro lá fora"...

 

Foi realmente uma fase onde fui acarinhada por todos e mais alguns e onde o simples facto de tomar o pequeno almoço fora se torna um verdadeiro desafio, esquece a torrada com manteiga e a meia de leite, o bolinho de arroz ou a bela da tosta mista. Houve também aqueles episódios e gente que tentou ser querida e me ligaram quando estavam em frente à montra do take-away: "tem filetes de pescada comes, não comes? Não comes... e bacalhau? Olha tem também salmão" :P

 

Com esta mudança radical, lá se foram uns quilinhos à vida e o que é certo é que me senti bastante bem, em harmonia com a vida, mais responsável e bem-disposta. Conheci gente nova e interessante, fui a convívios vegetarianos, workshops, encontrei produtos naturais para saúde, alternativas de cosmética, visitei novos restaurantes e descobri um leque de sabores, ingredientes e temperos.

 

Ao mudar de emprego tive de repensar os meus novos hábitos, pois deixei de ter tempo para pesquisar sobre nutrição e receitas, não conseguia preparar as minhas refeições, tinha de me contentar com o que os restaurantes me podiam oferecer, salada de alface e tomate, que tanta vez me sujeitei. A rainha lá de casa, apesar de esforçada e com muito boa vontade não tinha conhecimento deste tipo de alimentação, conjugado com a minha falta de disponibilidade decidi voltar a implementar derivados e peixe na alimentação para não descompensar nutricionalmente.

 

Para felicidade de muitos, deixei de ser tão rígida no que se refere à ingestão de carne, embora ainda a restrinja em casa, mas em ocasiões especiais de convívio abro exceções para não ser o empecilho.

Fiquei feliz por conseguir pelo menos levar umas mentes mais teimosas a experimentar novos sabores e a respeitarem um bocadinho mais a minha decisão. Pena que não hajam grandes opções para alimentação vegana na restauração, nas antinas e que a mentalidade ainda esteja muito aquem do esperado.

 

Foi de facto uma experiência muito enriquecedora, numa onda muito natural que espero agora voltar a dedicar-me mais, pelo menos no que toca à alimentação, cuidados de saúde e beleza. 

Vou partilhando alguns posts sobre o tema e espero que partilhem comigo as vossas experiências nesta onda de Cruelty Free.

 

 

10268616_1332837693400004_3680219304459750881_n.jp

 

 

 

 

Mais sobre a coelha

foto do autor

Parceiros

lista de parceiros

Vasculhar

 

Correio

Baú

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D