Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

As pegadas da coelha

"Transforma-te na tua melhor versão"

Solta a criança que há em ti!

 

 

 

 

 

IMG_0297.JPG

 

 

 

Hoje, neste dia da criança quero partilhar convosco, duas das fotos que mais gosto quando ainda era uma coelhinha. Peço desculpas pela qualidade das imagens, pela antiguidade e por não terem sido fotografadas novamente com o telemóvel.

 

Na primeira foto, eu tinha apenas 10 meses, manga arregaçada e passo largo, por isso simpatizo tanto com esta imagem. É verdade, nunca gostei de mandriões e gente colada à cadeira por isso comecei cedo a rabiar, a explorar o mundo e a espalhar o pánico.

 

Neste segundo retrato, aos 2 anos e pelo comando da mãe coelha fazia poses e falava fluentemente desde os 18 meses, apesar de já palrear desde cedo (tipo aqueles longos discursos políticos que só a quem o transmite interessa).

 

 

IMG_0296.JPG

 

 

Outra curiosidade desta infância, é que pelos vistos tinha uma capacidade nata para negociar, pelo facto de me recusar a tirar qualquer fotografia sem antes me ser posto na mão uma embalagem daquela que era o bem mais precioso: Sugos. Nhaaaaammmmm

 

IMG_0298.JPG

 

 

No meio de tudo isto, só não percebi até então como não rica com esta alma para o negócio e como não virei comediante, uma vez que era o bobo da festa de qualquer ajuntamento de povo. O Sr. Coelho (vamos pensar que devia estar ele a pensar carinhosamente no meu futuro) ensinou este anjo com 2 anos a dizer algumas lengalengas, anedotas e asneiradas. Se fosse nos dias de hoje, era considerada exploração, trabalho infantil e ainda por cima gratuito já que não ganhava nada com as minhas sessões de stand up comedy, sentada ao balcão do Café Novo de Terreonhas.

 

Como podem ver, a minha infância foi realmente traumática e claro, o resultado é o que está à vista. Cá estão os dois responsáveis para caso queiram fazer alguma reclamação é favor dirigirem-se aos mesmos.

 

IMG_0300.JPG

 

O tempo foi passando e a p* da mania foi crescendo, dá para verificar na foto que se segue, já na escola primária, sou a primeira a contar da esquerda com aquele nariz nada empinado e pose de queque de la Fuaz.

Nos primeiros anos de escola era assim, agora então o caso é bem mais grave.

 

IMG_0299.JPG

 

Resta-me deixar-vos um apelo final, libertem, nem que seja por um bocadinho só, a criança que está presa aí dentro de vocês. Esqueçam que o mundo existe, que a sociedade existe, que as más línguas existem, que as boas maneiras existem e soltem a fera. Podem sempre usar algumas estratégias, como a de se inscreverem em trails, como eu fiz, tudo para combater o trauma de infância de não poder chapinar nas poças de água ou de lama. Agora já possoooooo e sou um adulto curado!!!!! ahahahhaha

 

Be free! Boas chapinadelas...

 

 

Mais sobre a coelha

foto do autor

Pub

Parceiros

lista de parceiros

Vasculhar

 

Correio

Instagram

Facebook

Bloglovin

Follow

Baú

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D