Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

As pegadas da coelha

"Transforma-te na tua melhor versão"

Lisboa menina e moça

 

IMG_6219.JPG

 

 

 

O fim de semana suposto de azar a começar pela sexta 13,  foi para mim o inverso, um exemplo daquilo que eu gostaria de fazer mais na minha vida. Um convite inesperado, um sim sem hesitar e uma escapadinha à capital no feminino. Foram dois dias que passaram a voar... tanto para ver, tanto para descobrir e um gostinho de quero mais, como diz o Godinho "hoje soube-me a pouco, hoje soube-me a tanto".

 

 

 

IMG_6129.JPG

 

 

IMG_6126.JPG

 

 

 

Outras vezes tive a oportunidade de visitar esta cidade, embora não a conheça tanto o quanto gostaria. Agora que descobri Lisboa mais um pouco, fiquei com esta sensação ainda mais vincada, de querer ver mais e mais. Digamos que eu tinha um bichinho bairrista destro de mim "ah e tal, o Porto é que é!" e que esmoreceu com esta viagem. Afinal a capital tem o seu encanto, um tanto quanto díspar da nossa cidade nortenha, diferentes mas igualmente charmosas.

Vivemos mesmo num paraíso à beira mar plantado, só que ainda não nos demos conta disso...

 

 

 

 

IMG_6081.JPG

 

IMG_6100.JPG

 

 

 

O que mais me fascinou em Lisboa foi a diversidade cultural senti-me uma estrangeira cá dentro, mas mesmo assim achei uma delícia este aglomerado de gente tão diferente.

Já experimentaram ver o por do sol na avenida Ribeira das Naus? Caminhar ao som dos mais talentosos instrumentistas de rua, beber um capuchino, ouvir o silêncio daquela cidade agitada. Há momentos que ficam para sempre e eu sou uma apaixonada por momentos, uma colecionadora de momentos! 

 

 

 

IMG_6058.JPGIMG_6056.JPG

 

 

IMG_6157.JPGIMG_6113.JPG

 

 

 

De Martim Moniz ao elevador de Santa Justa, da companhia do Fernando Pessoa aos Armazéns do Chiado, da Praça do Comércio ao Terreiro do Paço, dos Jerónimos aos Jardins de Belém... No Rossio visitamos a nova loja O Mundo Fantástico da Sardinha Portuguesa, um espaço com grande atratividade turística devido à sua excentricidade, tem carrosséis, música e é muito colorida. Possui latas de sardinhas com datas entre 1916 a 2016 e em cada uma delas estão escrito acontecimentos referentes a cada ano. Só não trouxe um exemplar de 1987 comigo porque não teria coragem de abrir a lata e seria um desperdício de sardinha, morreria em vão...

 

 

 

IMG_6035.JPGIMG_6037.JPG

 

 

 

Nos pés já se fazia notar algum cansaço, da ânsia de querer conhecer mais, mas à noite ainda quisemos subir a escadaria do Bairro Alto e experimentar uma tasquinha típica para brindar à amizade. A noite Lisboeta foi outro dos requisitos deste fim de semana, desde os bares deste bairro até ao Cais do Sodré e à ousada Pensão Amor, que recomendo visitarem.

 

 

 

IMG_6164.JPGIMG_6173.JPG

 

 

 

IMG_6158.JPG

 

IMG_6245.JPG

 

 

Uma manhã de Domingo com direito a parada militar, brunch na Padaria Portuguesa e sobremesa nos Pasteis de Belém. Compras na feirinha de artesanato dos Jardins de Belém, caminhada com um sol quente num dia de Inverno entre o monumento dos descobrimentos e a Torre de Belém. Ainda houve lugar a um ritual de gratidão e comprometimento para uma vida com menos reclamação e mais ação. 

 

 

 

IMG_6220.JPG

 

 

 

Já de malas feitas, fizemos as últimas comprinhas no Vasco da Gama e tivemos direito a lanche com o Tejo, o Cristo Rei  e sunset como fundo. 

Um fim de semana passado a correr e um sem número de locais ainda por visitar. Fica a promessa de lá voltar e de fazer o que ainda não foi feito...

 

 

 

IMG_6209.JPG

 

IMG_6091.JPG

 

 

6 comentários

Comentar post

Mais sobre a coelha

foto do autor

Pub

Parceiros

lista de parceiros

Vasculhar

 

Correio

Instagram

Facebook

Bloglovin

Follow

Baú

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D