Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

As pegadas da coelha

"Transforma-te na tua melhor versão"

Como alcançar os nossos desejos em 2017?

IMG_5856.JPG

 

 

 

 

 

Chegadas as últimas horas deste 2016, surge o bichinho da ansiedade de planear o novo ano, entre promessas e mais promessas que muitas vezes caiem por terra.

 

A maneira mais poderosa de orientarmos a nossa vida é obrigar-nos a agir e por isso desafio-vos a entrar no novo ano com uma decisão sobre as vossas vidas. A questão que se coloca é:

 

 

Como projetar a nossa vida para que os nossos objetivos não morram na praia?

 

 

O primeiro passo será definir objetivos para a vida de sonho é parar de estabelecer metas que nos trazem uma vida indesejada. Normalmente as metas que definimos para nós baseiam-se no destino e não no caminho que fazemos: quero uma casa, quero um BMW, quero ser diretor.

 

...e que tal escolhermos um objetivo com o intuito de criar e desfrutar do percurso?

 

Ao invés de estarmos a projetar um fim, pensemos antes em como direcionar a nossa vida. Foquemo-nos nas coisas que vão fazer desta viagem uma maravilha:

 

  • Como quero gastar o meu tempo?
  • Que atividades diárias me fazem querer sair da cama?
  • O que quero aprender?
  • Com quem quero estar?
  • Com quem quero falar?
  • Com quem quero colaborar?

 

Depois de termos estas respostas bem definidas, aí sim podemos pensar em estabelecer o objetivo onde tenhamos de percorrer esta magnifica viagem até o alcançar, isto é, um caminho onde a busca do fim se torna a vida que procuramos.

Com o trajeto correto, o fim passa a ser secundário para que a própria busca nos dê a vida que pretendemos.

A ideia é que adoptemos um percurso que mude a nossa vida e não esperar por um objetivo que o faça. Após o caminho calcetado, aí sim, projetar um foco que nos oriente.

Faz sentido para vocês?  

Para mim esta visão faz muito mais sentido do que pensar apenas no resultado final e de certa forma é mais facilitadora e torna-se menos forçada e subjetiva.

 

Este percurso não tem de ser linear, pode ser reajustado à medida que vamos caminhando. Se não nos propusermos a definir um padrão e uma base para o que estamos dispostos a aceitar na nossa vida, será muito fácil cair numa qualidade de vida muito inferior à que merecemos.

 

A nossa vida é tão curta e valiosa para usufruirmos de menos do que aquilo que merecemos. Tenhamos a coragem de assumir o que realmente queremos para nós e a nossa verdadeira identidade:

 

"Este é quem sou. É esta a razão de ser da minha vida. E isto e o que vou fazer. Nada me vai impedir de alcançar o meu destino. Não me será negado!"

 

 

Vê-mo-nos em 2017 com a nossa melhor versão! Um xi ♥ daqueles apertadinhos que sabem pela vida.

 

 

Mais sobre a coelha

foto do autor

Pub

Parceiros

lista de parceiros

Vasculhar

 

Correio

Instagram

Facebook

Bloglovin

Follow

Baú

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D