Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

As pegadas da coelha

"Transforma-te na tua melhor versão"

A verdadeira Alma Lusitana, nascemos para deixar uma marca no mundo!

13606673_1269667839725202_1728618981091283582_n (1

 

 

 

 As armas e os Barões assinalados

Que da Ocidental praia Lusitana

Por mares nunca de antes navegados

Passaram ainda além da Taprobana,

Em perigos e guerras esforçados

Mais do que prometia a força humana,

E entre gente remota edificaram Novo Reino,

que tanto sublimaram;

 

 

 

 

Desfibriladores de parte, palpitações mais sossegadas, unhas uma lastima, contra os canhões marchar marchar!

Só consigo ouvir a entoar na minha mente a abertura de 1812, para quem não conhece eu passo a explicar, é uma obra orquestral de Tchaikovsky comemorando o fracasso da invasão francesa à Rússia precisamente no ano de 1812 e a devastação do "Grande Armeé" de Napoleão.

 

 

Napoleão era um general temido e o exército francês era considerado imbatível, a França venceu inicialmente a primeira batalha, mas foram derrotados pelo frio rigoroso do inverno russo. Não sei se isto vos é recentemente familiar, se o Karma existe ou não, isso não estou certa, mas que ele se faz sentir lá isso faz.

 

Esta obra é conhecida pelos tiros de canhão que quando executada ao ar livre por vezes são mesmo utilizados canhões verdadeiros e são estes ruidos acompanhados da musicalidade vitoriosa que pairam sobre o meu dia de hoje. O sabor de dar a volta por cima tal como retrata esta abertura. 

 

 

 

 

transferir.jpg

 

 

 

Ganhamos com todo o mérito, a equipa francesa parecia estar mais interessada em mancar as nossas vedetas, o que não lhes adiantou. Isto sem dúvida, deu um gostinho especial à nossa vitória, mesmo sem o nosso Ronaldo, para calar as bocas a quem só vê o capitão como o pilar da seleção nacional e para quem falou de boca cheia sobe o nosso suposto mau desempenho.

 

Perder o líder no início da partida fez-nos sim tremer, mas ao mesmo tempo reunir a fé de todos os lusitanos e de todos os que adoram esta equipa, naquela que seria a vitória histórica após 12 anos!

 

Éder passa do anonimato a rei desta final, o nosso Sanché o mais novo jogador a participar num euro e com toda a certeza que será uma mais valia para a sua carreira. Um cigano adorado, um Pepe com todo o mérito, um guarda-redes que se afirmou e um treinador respeitado.

 

 

 

2016-07-10t221026z_111190226_mt1aci14477971_rtrmad

 

 

 

Eu não sou amante de futebol, mas este euro reavivou um pouco o gostinho de outrora, consegui finalmente estar atenta aos passes e não só olhar para a tela e pensar no que vou fazer amanhã.

Foi o jogo das emoções, dos gritos, das vénias ao ecrã, de uma vibração que uniu o país, que uniu raças, pena que só nestas alturas...

 

Fico com imensa pena de outras modalidades não serem tão visíveis como esta e abafadas com o furor do futebol.

Sara Moreira sagrou-se campeã da Europa da meia-maratona, em Amesterdão, prova na qual Jéssica Augusto foi terceira.

Na Taça da Europa, realizada conjuntamente, Portugal ganhou coletivamente com Dulce Félix no 12.º posto.

 

Patrícia Mamona, com um salto espetacular de 14,58 metros no triplo e Marta Pen (quinta nos 1.500 metros) apesar de também ter sido vítimas de ‘toques’ e a medalha de bronze de Arnaudov no peso.

 

 

Portugal no seu melhor em várias modalidades, orgulho em ser Português, pelo menos no que toca a desporto...

 

 

 

13619902_1195083563856992_3471621181485053090_n.jp

 

 

Mais sobre a coelha

foto do autor

Pub

Parceiros

lista de parceiros

Vasculhar

 

Correio

Instagram

Facebook

Bloglovin

Follow

Baú

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D