Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

As pegadas da coelha

"Transforma-te na tua melhor versão"

Um "não" o começo de uma nova era

cris no.jpg

 

 

 

 

Até um beco sem saída é um bom motivo para dar a volta!

 

 

Quantos "nãos" recebemos na vida nos trouxeram onde estamos hoje?

 

Um “não” pode ser antes o começo de uma nova era. Sigamos em frente e percebamos que talvez seja a hora de fazer diferente, de procurar novos projetos, novas oportunidades.

 

O que queremos nem sempre é o que realmente precisamos!

 

Agradeçamos o "não" irmãos, por vezes, no futuro, percebemos que o melhor foi mesmo ter recebido aquele não do passado. Aceita-lo e analisa-lo é sinal de maturidade, afinal é das primeiras palavras que ouvimos em criança "não faças isso, não vás por aí..." já era altura de estarmos habituados a ela, não morde, nem mata...

 

E quem nunca recebeu um não?

 

 

Podemos retirar algum tipo de lição deste não, fazer o balanço do que poderíamos ter feito, para crescermos, aperfeiçoarmos e não encarar como como algo negativo. Apenas existe fracasso quando não aprendemos com ele. Como nos diz Churchill: "o sucesso é ir de fracasso em fracasso sem perder o entusiasmo".

Costumo dizer que quando se fecha uma porta, abre-se um portão!

 

 

 

Cuidar da pele com produtos de origem vegetal

 

Nesta busca por um estilo de vida mais saudável, quer na alimentação quer nos cuidados de corpo, visitei  espaços especializados nesta onda mais natural onde encontrei esta gama de produtos que tenho usado e que tem trazido bons resultados para a minha pele. Estou a falar-vos da marca de cosmética alemã Dr. Grandel, de origem vegetal que podem encontrar nos ervanários e mesmo no Celeiro.

 

Apresento-vos três dos produtos de rosto, que no me entender são os essenciais desta gama: o Soft Tonic, o Contour Bal e o Azulene.

Na remoção da maquilhagem uso o mítico óleo de coco, deixo a pele absorver bem, por vezes vou realizando outras tarefas para que os produtos não se misturem. Posteriormente aplico o Soft Tonic e deixando atuar por uns minutos, coloco o contour balm na zona dos olhos e do contorno de lábios e espalho o Azulene no resto do rosto.

Estes são produtos adaptados para a minha pele que é mista e muitas vezes oleosa até dizer chega, é um escorrer de sebo, minha nossa. No que toca ao contorno de olhos e lábios, uso para prevenir a chegada das rugas mais vincadas de expressão.

 

 

 

 

519x460_drgrandel_soft_tonic.jpg

 

 

 

 

 

Tónico para o rosto, pescoço e colo

 

Este tónico calmante e hidratante para o rosto, não possui álcool e é adequado a todos os tipos de pele.

Produz uma sensação de pele relaxada e acalma peles sensíveis.

Basta aplicar num disco de algodão uma pequena porção e aplicar na pele limpa.

Preço: apróx. 25€ 



 

519x460_elements_of_nature_contour_balm_72dpi.jpg

 

 

 

Contour Balm cuidado de olhos e lábios 
No contorno dos olhos e lábios este produto suaviza e endurece, reduz rugas e sinais de fadiga.
A pele dos olhos e lábios parece mais jovem , mais fresca e mais relaxada. Aplica-se de manhã e à noite, após a limpeza.

Preço: apróx. 20€
 


 

1356821891-26935-5.jpg

 

 

Creme de dia e de noite, calmante para as peles com problemas

 

 

A Linha PHYTO CARE é uma linha à base do gérmen e do farelo de trigo e este produto em específico possui  substâncias extraídas da camomila e do gérmen de trigo, para o cuidado da pele com problemas.

Normaliza a pele, aumenta o nível de hidratação e protege das influências negativas do meio ambiente.

 

Deve ser aplicado de manhã e à noite na pele limpa e pode ser usado em locais específicos como borbulhas.

 

Preço: apróx. 30€ 

 

 

 

 

Esta marca possui vários produtos feitos a pensar nas diferentes peles e idades das mulheres, basta aconselharem-se junto a um especialista para vos indicar quais os melhores  adquirir.

Cuidem-se  e mimem-se princesas!

 

 

Papas de aveia com queijo quark

IMG_2492.JPG

 

 

 

 

Finalmente encontrei queijo quark por cá. Já tinha corrido algumas capelinhas, mas não encontrava este pokemon raro consumido pelos atletas e por quem pretende emagrecer, por ser um dos mais saudáveis.

Muito cremoso, tem pouca gordura, baixo em hidratos de carbono, é de absorção lenta, o que nos faz sentir saciados por mais tempo. Das partes mais interessantes para quem quer crescer é que tem um elevado teor de proteína, para ganhar massinha muscular.

Nas redondezas, encontrei no Intermaché, da marca San Tonelli, mas é possível também comprar no Lidl das marcas Milbona e Linessa.

Esta pequena maravilha pode ser consumida de várias formas, há variadíssimas receitas a explorar e eu comecei com esta que vos deixo neste post de papas de aveia com quark.

 

 

 

 

 

Ingredientes:

 

50g de aveia

30g de queijo quark

200ml de água

Uma colher de sobremesa de sementes de chia

canela q.b

mel q.b

mirtilos

morangos

 

 

 

IMG_2491.JPG

 

 

 

Modo de Preparação:

 

 

Colocar a água ao lume, adicionar a aveia e as sementes.

Mexemos constantemente e deixamos cozer por cinco minutos.

Acrescentar o queijo quark e envolver bem.

Quando tudo estiver uma papa, servimos decorando com os mirtilos, morangos, canela e mel.

 

 

Certamente esta não será a única receita que faço com quark, entretanto vou mostrando aqui no blog outras deliciosas.

 

Bon Appétit!!!

 

 

 

Apunhalamos a nossa existência

IMG_2055.JPG

 

 

 

 

 

Porque é que temos de ser todos médicos, engenheiros ou doutores de não sei quê?

Porque é que temos de terminar o curso aos 25, casar e ter filhos até aos 30 e ter um emprego estável?

O percurso que percorremos não tem de seguir as pisadas da manada. A vida não está predefinida, ou pelo menos não deveria estar.

 

 

 

Apunhalamos a nossa existência quando seguimos as pegadas dos outros e quando nos comparamos.

 

O número de amigos são facebook ou seguidores do instagram, o saldo da conta bancária, não vai determinar o nosso valor enquanto pessoas nem determinará a nossa felicidade ou inteligência. As ferias naquele lugar xpto que o teu conhecido postou no facebook não faz qualquer diferença na nossa vida, então porque nos sentimos em baixo?

Este mundo ilusório das redes sociais desperta em nós a necessidade de nos sentirmos importantes e pressiona para que se siga determinado padrão.

 

 

 

Apunhalamos a nossa existência quando sobrevivemos ao invés de vivermos.

 

Quando nos conformamos com menos do que merecemos ou estipulamos para nós e quando destruímos as nossas potencialidades.

Deveríamos viver o espectáculo da vida e ir ao encontro do trabalho que queremos, do amor maravilhoso, respirar vitalidade e aproveitar toda a caminhada. Quem sabe se o próximo Joaquin Cortez não está agora com a secretaria apinhada de papelada frustrado porque pagar contas é mais importante do que viver livre a fazer o que realmente nos realiza?

Porque não damos um tempo a nós próprios? Parar e descobrir o que nos inspira.

Planeamos a nossa vida, escola, faculdade, emprego e, mesmo se não gostamos muito do plano que traçamos seguimos em frente, porque já dedicamos tempo a mais a estas escolhas. Levantamos todos os dias para trabalhar para validar a escolha que fizemos outrora cumprindo a sina que traçamos para nós até sufocarmos.

 

 

 

Apunhalamos a nossa existência quando escolhemos a pessoa errada.

 

Porque preferimos estar, a ser alguém? Porque queremos apressar os relacionamentos?

O amor não tem de nascer da necessidade de se ter alguém, de se dormir com alguém, de não estarmos sós. Primeiro temos de fazer as coisas acompanhados de nós mesmos para depois estarmos preparados. Tenta encontrar o verdadeiro amor que te faz uma pessoa melhor, espera por ele e esforça-te.

 

 

 

Apunhalamos a nossa existência quando permitimos que o passado nos domine.

 

Durante a nossa caminhada há frustrações, dias em que nos sentimos inúteis e isto parece que vai durar para sempre.... Estas situações são apenas palavras que não nos podem controlar e, se deixarmos, vamos viver o mundo de forma negativa, não nos achamos capazes, não somos bons o suficiente, tornando-se um círculo vicioso. Não vamos confiar os homens, nas mulheres ou nos patrões, não vamos acreditar....Se não deixarmos o passado lá atrás, vamos passar a ver o mundo com os olhos de outrora. 

 

 

 

Apunhalamos a nossa existência quando escondemos as nossas emoções.

 

Não queremos mostrar-nos vulneráveis, falar demais. Estar interessado em alguém não significa loucura, nem vulnerabilidade em nos pormos a nu e sermos honestos. Mostrar que amamos a nossa mãe em público, que adoramos com todas as forças os nossos amigos, que o nosso parceiro nos "escangalha"...

Vamos sentir-nos vivos e inspirar quem nos rodeia!

 

 

 

Qual é o teu sonho? Vais desistir?

 

final cris.jpg

 

 

 

 

Qual é o teu sonho?

Tu tens um sonho

e estas no momento a pensar nele.

Agora,

o mais importante é o que tu tens feito pelo teu sonho?

Tens lutado, tens feito algo por ele?

Ou estás à espera que ele caia do céu?

Se estas parado à espera que o teu sonho ganhe asas e se torne realidade.....

Desculpa desiludir-te,

mas isso não vai acontecer.

Vais viver a tua vida toda numa ilusão

 

Ou então,

és do tipo que até se lançou em direção ao sonho,

mas encontras-te barreiras que te levaram abandona-lo.

Desde então, acreditas que é impossível,

baixas te os braços à luta....

 

Wrong!!!

(Som de errado do Quem quer ser milionário)

 

Não desistas da escalada,

se o teu sonho é mesmo importante,

investe nesta subida à montanha quantas vezes forem precisas.

Se caíres, tens bom remédio,

volta a levantar-te,

como quando eras criança e aprendias a dar os primeiros passos. 

 

Quem se esforça vence!

E não é uma questão de talento,

mas sim de trabalho.

Acredita que és capaz!

Não desistas facilmente.

Acredita que nasceste para vencer!

Luta pelos teus sonhos!

 

 

Deixa os medos de lado...

Empenha-te e acorda com vontade de vencer.

Se perderes, se caíres,

apaga tudo e recomeça:

 

Levanta-te e anda!

 

Todos os que alcançaram os seus sonhos tiveram de lutar.

Dificuldades todos temos, não vai ser diferente contigo.

Ao invés de desistires, podes sempre recomeçar.

Às vezes ficamos paralisados diante dos nossos problemas,

anos a fio nas lamentações,

anos e anos viciados,

a reclamar

e não damos um passo para ultrapassar esse vício.

Ninguém pode enfrentar os problemas por ti,

eles são próprios do teu ser e da estrutura que te circunda.

 

O que faz com que conseguimos ultrapassar as adversidades chama se preparação!

Na hora da luta não dá para de prepares,

aí já tens de enfrentar.

A chave é prepares-te antes para poder Vencer.

A vitória só vem quando rompemos os nossos limites.

E então estás preparado?

Vais viver o espétaculo da tua vida

ou vais trabalhar apenas para os sonhos dos outros?

 

 

 

"Bravo não é quem sente medo, é quem o vence"

The King: Nelson Mandela

 

 

Allgarve ou Alentejo?

IMG_1830.JPG

 

 

 

 

 

O Algarve foi o destino destas míni férias e lá fomos nós típico português rumo ao sul dos Ingleses nos meses quentes de Verão.

 

Confesso que não é dos meus destinos de eleição, prefiro cenários bem mais calmos, longe do turismo de massas (Allgarve), menos agitação, talvez por isso o Alentejo me fascine.

 

Tudo o que meta laurear a pevide, sol, praia, comidinha boa e a bela da sangria eu estou dentro, por isso foram sim uns dias bem passados.

 

O destino era Albufeira, Resort Alfagar onde ficamos instalados. Recomenda-se vivamente, ambiente mais familiar, várias piscinas disponíveis com escorregas e diversões, apartamentos simpáticos do estilo míni vivendas que inspira tranquilidade. Escusado será dizer que se está rodeado de ingleses e outros estrangeiros, por isso podemos fazer asneiras à vontade pois ninguém os conhece.

 

 

 

 

IMG_1816.JPG

 

 

 

Visto que vamos fazer uma viagem tão longa ao atravessar Portugal, sou defensora de se fazer algumas paragens estratégicas para conhecer os cantinhos da nossa maravilha à beira mar plantada.

Paramos em Alcácer do Sal e ver o que resta da muralha, assim como fazer um reconhecimento rápido pelas ruas e posteriormente seguimos na direção da tão requintada Troia.

 

 

 

IMG_1825.JPG

 

 

 

Paragem para almoço na Comporta, saladinha de polvo, robalo na brasa e a antipatia dos funcionários que mais parece estarem a fazer-nos um grande favor só em atender-nos.

Encontrei uma loja de praia muito gira, onde não deu para sair sem um  biquíni. De momento também decorre neste lugar simpático uma feira na Casa da Cultura,  podem ver-se com produtos caseiros, decoração, vestuário e joalharia portuguesa.

 

 

 

IMG_1835.JPG

 

 

IMG_1838.JPG

 

 

 

O dia torna-se pequeno para a viagem e instalar as malas, mas ainda foi possível um mergulho na piscina e ver o show de repteis ao fim do dia no hotel. 

Tinha de me desforrar visto que em criança não me deixara tirar a foto com uma cobrinha linda, então este foi o dia!

 

 

 

IMG_1979.JPG

 

 

 

 

Comemos umas belas lulas grelhadas num restaurante típico português e claro que não podia faltar a bela da sangria. Deixo-vos a referência, para quem é apreciador de frango e mesmo para quem não é, o Ramires faz o melhor frango da Guia que já comi. Aquele molho soberbo, segredo de família guardado a sete chaves, vale a pena experimentar com a saladinha de tomate com orégãos.

 

 

 

 IMG_1844.JPG

 

 

 

 

Houve tempo para uns saltinhos a Vila Moura e consolar os dedinhos no jogo, assim como o belo do passeio pela marina a testar o novo jogo dos Pokemons de que tanto se fala.

 

 

 

 

13699314_1257575630928340_128954401_o.jpg

 

 

 

 

Não podia faltar a banhoca noturna  na piscina às 3h da manhã para refrescar a alma... e que bem que soube! Não há festa na piscina, eu faço a minha privada e com a sorte de não ter sido apanhada pela PIDE.

 

 

 

 

 

13699369_1256716327680937_1878486452_o.jpg

 

 

 

Este resort fica mesmo junto à praia com acesso exclusivo, o que é ótimo para fazer umas caminhadas matinais pela areia branca e poder alternar facilmente com a piscina. Para quem tem crianças é um sossego, ambiente reservado e com direito a dar uns miminhos nos vários gatos que por lá habitam. Estou a falar dos irracionais vá!

 

 

 

IMG_1941.JPG

 

IMG_2058.JPG

 

 

IMG_2104.JPG

 

 

 

Numa das caminhadas pelo areal, eu e a minha parceira de descoberta de trilhos encontramos uma praia deserta mesmo ao lado da principal, a de Santa Eulália. Qual o nosso espanto quando verificamos que ali ao lado da multidão havia uma praia entre rochas sossegada e maravilhosa sem ninguém. Mais uns passos e descobrimos que afinal não estávamos sós, pois alguém descansava junto a uma rocha totalmente nu e só aí percebemos o porquê de estar tão tranquila. Afinal não tínhamos descoberto nenhum spot exclusivo e após as minhas pesquisas percebi que encontramos sim uma praia de gays e das mais famosas do país.

 

 

 

 IMG_2111.JPG

 

 

 

Voltando ao tema do resort, para além das várias piscinas há ainda bares, com refeições mais leves para o almoço ou então para tomar um sumo natural de frutas e limonadas com várias combinações. Vamos mudando de spot, o que acaba por não haver monotonia.

 

 

 


IMG_2001.JPG

 

 

 

IMG_1833.JPG

 

 

 

Durante estes dias, houve ainda paragem noturna pela Avenida Sá Carneiro, a famosa rua de bares e provavelmente das mais vomitadas do país. Na loucura, adolescentes estrangeiros fazem da noite como se não houvesse amanhã. Recomenda-se a não entrar ali sóbrio ou então não vão entender o espírito da coisa como eu.

 

 

 

IMG_2136.JPG

 

 

 

Não podia faltar a bela da bola de berlim do Algarve, não dá para ir ao Sul e não comer esta iguaria. Assim como tinha de experimentar os tão afamados Dom Rodrigos típicos desta zona, que se podem comprar em qualquer pastelaria, hipermercado ou degustar nos restaurantes. Levei um para repor as calorias na viagem de regresso. Recomendam-se sim senhor, fios de ovos docinhos que estavam um mimo!

 

 

 

IMG_2382.JPG

 

IMG_2386.JPG

 

 

 

Em direção ao norte, exploramos a costa Alentejana, passamos por Aljezur, confesso que nunca lá tinha ido e fiquei fascinada pela paz e beleza das praias, encontros do rio com o mar, os recortes da costa e a vista do castelo. Para não falar no pãozinho alentejano, os mexilhões com pimentos e o javali do Restaurante Fonte do Vale.

 

 

 

IMG_2224.JPG

 

 

IMG_2222.JPG

 

 

IMG_1978.JPG

 

 

 

IMG_2237.JPG

 

 

 

Zambujeira do mar foi outra paragem, para consolar a visitinha.

 

 

 

 

IMG_2256.JPG

 

IMG_2254.JPG

 

 

IMG_2391.JPG

 

 

 

 

IMG_2257.JPG

 

 

 

 

A minha querida e simpática Vila Nova de Mil Fontes não podia faltar.

 

 

 

 

 

13699518_1259469337405636_414880706_o.jpg

 



 

 

O meu adorado Porto Covo e a romântica vista da ilha do pessegueiro! Já fui feliz aqui :)

 

 

 

 

13709674_1259517650734138_1083297207_o.jpg

 

 

Um dia ainda faço uma fogueira noturna nas praias de Porto Covo com direito a marshmallows e a tudo e tudo e tudo..... assim como ponho o pezinho no festival de músicas do mundo. Parece-me muito bem!

 

Sim, corri tudo e comi que nem uma burra, vim a rebolar de cinco dias sem por o pé no ginásio que me custaram a redução da carga e uma preguiça de treinar ainda maior.

 

 

E vocês o que preferem: a agitação algarvia dos meses de Verão ou a tranquilidade alentejana?

 

 

 

 

 

 

 

Salada de Quinoa, o alimento de excelência

 

 

IMG_1771.JPG

 

 

 

Quinoa o pseudo cereal de excelência, com pouca gordura e isenta de glúten, é um dos alimentos mais completos, muito proteico e por isso muito utilizada por vegans e vegetarianos que praticam musculação. É possível sim ser um desportista cruelty free saudável!

Cada 100 gramas de quinoa contêm 15 gramas de proteínas, 68 g de hidratos de carbono, 9,5 mg de ferro, 286 mg de fósforo, 112 mg de cálcio, 5 g de fibras e 335 kcal. É ainda rica em ómega 3, ómega 6, vitaminas, minerais e fibras.

Capaz de garantir a sensação de saciedade por muito tempo no organismo, auxiliam no controle da alimentação e na alta absorção de nutrientes no corpo.

É também ótima para o controle emocional, alivio de sintomas de tensão pré-menstrual e menopausa.

Há inúmeras receitas desde opções de pequeno almoço, para almoços, sobremesas e saladas como é o caso da receita que vos deixo. Ter esta iguaria à mão é muito prático para fazer refeições rápidas e saudáveis.

Fiz esta salada de quinoa e maça e com os ingredientes que tinha cá por casa. Digo-vos que ficou de lambuzar os beiços e foi um improviso da hora.

 

 

Ingredientes

 

½ chávena (chá) de Quinoa

1 chávena e ½ de chá de Água

1 colher (chá) de Sal

½ Maçã (picada)

4 colheres (sopa) de nozes

2 colheres (sopa) de Cebolinha Verde (picada)

1/3 de cebola

Azeite

Vinagre de maçã

Pimenta preta

1 ovo cozido

Azeitonas

sementes de sésamo q.b

Meio Pimento vermelho

Bacalhau cozido desfiado

 

 

 

IMG_1767.JPG

 

 

 

 

Modo de preparo

 

 

Colar a água a ferver com sal e acrescentar a ½ chávena (chá) de Quinoa por cerca de 20 minutos (deve ficar firme como o arroz).

Depois de pronta colocar num recipiente a quinoa, ½ maçã, as nozes, a cebola cortada em tiras, as sementes de sésamo, o ovo em pedaços, as azeitonas, o pimento e o bacalhau desfiado.

 

Temperar com 1 fio de azeite (se for caseiro melhor) e vinagre de maçã, pimenta preta.

Envolver tudo muito bem e desfrutar.

 

 

Esta receita foi preparada com ingredientes que haviam por casa, o chamado esvazia frigoríficos. Podem improvisar e criar as vossas com mais vegetais para ser ainda mais equilibrado.

 

Bom apetite!

 

 

 

Perguntas e respostas numa entrevista de emprego #1

iodsidos.jpg

 

 

 

 

Penso que este tema de uma forma ou de outra acaba por ser do interesse de grande parte dos leitores e por isso quero partilhar convosco não só neste, mas numa série de posts algumas das perguntas que podem surgir numa entrevista de emprego.

Neste artigo vou falar-vos à cerca de questões de âmbito mais geral e nos próximos artigos serão abordadas questões em áreas mais específicas como a educação, experiência profissional, skills....

Mesmo colocando-nos no papel do empregador, estas são algumas das questões nas quais nos podemos debruçar e que nos ajudam a orientar o rumo da entrevista conhecendo um pouco do perfil de cada candidato.

 

No meio de "sete cães a um osso", há que distinguir qual deles tem o perfil ideal para colaborar com a nossa empresa e ser o verdadeiro merecedor, aquele que vai marcar pela diferença e agarrar a oportunidade.

 

O responsável pelo recrutamento pode então colocar-nos algumas das seguintes questões para que a seleção do candidato não seja um tiro no escuro:

 

 

 

1. Como foi a viagem? Chegou cá facilmente?

 

Esta pergunta pode ser apenas para quebrar o gelo e devemos responder naturalmente sem criticar o transito, a estrada ou o presidente da junta, nada de negativismos para não deixar que a entrevista inicie de forma negativa. Convém também que não mostremos falta de desenrasque em chegar ao local da entrevista. 

 

 

2. Fale-me sobre si...

 

Esta resposta pode permitir explicar de forma positiva algumas fragilidades do nosso currículo. Devemos fazer um resumo das decisões chave da nossa vida, planeamento, os problemas e a capacidade de resolução dos mesmos. As atividades e os passatempos podem ser evitados. Destacar os momentos chave da vida (escolhas de curso, universidade, projectos académicos, escolhas profissionais, carreira...).

 

 

3. O que o motiva?

 

A resposta pode ser associada ao facto de nos realizarmos nos desafios diários e na satisfação de os superar. Convém associar a motivação com os requisitos pedidos para o cargo. 

É bom que nos mostremos ser entusiasmados e auto-motivados, podemos dar  exemplos de atividades onde a motivação foi o motivo para alcançar etapas.

 

 

4. Quais são os seus pontos fortes? Como é que o seu melhor amigo o descreve? Porque é que acha que é a pessoa certa para este trabalho? Diga-me coisas acerca de si...

 

Marketing pessoal, devemos listar os nossos pontos fortes, não só para uma entrevista mas como espécie de livro dos troféus: resultados académicos, experiência profissional importante, momentos de liderança... Isto sempre recheado de exemplos concretos da tua vida.

 

 

5. Quais são as seus pontos fracos?

 

O ideal para responder a esta questão é enumerar forças camufladas de fraquezas: “sou perfeccionista", "sou ansioso no que toca a ver as tarefas concluídas rapidamente". 

Podemos também mencionar um ponto fraco e ao mesmo tempo explicar o que já fizemos para o superar: “inicialmente tinha dificuldade em comunicar, mas a minha experiência em vendas despoletou em mim um prazer na comunicação.

 

 

6. Considera-se uma pessoa competitiva?

 

"Sim", devemos exemplificar nas diversas áreas da vida e mostrar isto de forma saudável, com afirmações de pessoas próximas que dizem seres uma pessoa que se supera a si própria e no contexto  equipa. Ser um modelo de motivação e em superar desafios.

 

 

7. Considera-se um líder?

 

O sim é o que se espera ouvir, mas convém vir associado a provas concretas, mostrando o nosso percurso em concordância com o currículo.

 

 

8. Fale-me de coisas que sejam importantes para si.

 

Aqui é a oportunidade para marcamos pela diferença nas nossas forças, qualidades, desafios superados e experiências positivas como por exemplo os prémios que ganhamos no desporto ou um feito particular e distinções no currículo.

 

 

9. Como é que lida com problemas e situações profissionais complexas?

 

Podemos responder a isto por etapas: analisamos o problema, verificamos as pessoas com quem precisamos falar e o tempo necessário para resolver, identificamos as ajudas externas necessárias e os recursos a reunir.

 

 

10. O que pensa sobre viagens de negócios?

 

O ideal será demonstrar que nos agradam, embora convém não dar a entender que se quer o emprego apenas por este fator. Mostrar que se está pronto para aceitar o desafio, descrever as viagens que se fez de negócios, 

gostamos de conhecer novos horizontes e nos desenvolvermos pessoal e profissionalmente com o contacto com novas pessoas e realidades.

 

 

11. Quais são os seus conhecimentos de informática?

 

Se o nosso nível for básico convém mencionar, mas também complementar com informações do blog que temos, a edição de vídeo que fazemos, as apresentações de power point. Demonstrar que se esta aberto a aprender mais é essencial.

 

 

12. Gostava de nos colocar alguma questão?

 

Investigar a empresa ajuda sempre a que as questões surjam, pois não convém que não se faça uma única pergunta a não ser que se menciona que as dúvidas já foram respondidas ao longo da entrevista.. Demonstrar interesse pelo trabalho e não pelas compensações, não ultrapassar por norma as cinco questões.

 

 Exemplos:

 

• Já trabalha há muito tempo nesta empresa? Qual é a sua experiência nesta organização?

• Dão autonomia aos trabalhadores para tomarem as suas próprias decisões?

• Existe um plano de formação para os novos empregados?

• Como funciona o programa de formação?

• É possível mudar de funções e projectos?

• Faz-se cá formação externa?

• Existe avaliação de desempenho?

• É fácil conseguir habitação nessa zona de trabalho?

• Como é a constituição das equipas?

• Qual é o percurso de carreira típico deste emprego?

• Como vê o desenvolvimento desta empresa nos próximos cinco anos?

• Como é o ambiente nesta empresa?

 

 

Perguntas proibidas ao entrevistador:

 

Em que dia se recebe o salário?

Qual é o seu signo?   

Foi sempre assim tão gira?

A empresa paga a minha mudança de casa?  

Mau humor matinal é um problema? 

 

 

 

Espero que este post vos tenha sido útil para auxiliar na preparação das entrevistas  que vão sendo selecionados e nas vossas conquistas. Brevemente mais acerca deste tema, não percam os próximos episódios...porque nós também não!

 

 

Solução para por o intestino a funcionar

IMG_1992.JPG

 

 

 

 

Se vocês fazem parte do tipo de pessoas que vai de férias e fica dias e dias a acumular conteúdo, a ver a barriguinha crescer, bem vindos ao grupo. É frustrante sentir a barriguinha ao dobro ou triplo do tamanho principalmente quando estás a estriar o novo biquíni.

 

A vontadinha que dá é mesmo de correr para a farmácia pedir Dulcolax e acabar logo com o mal pela raiz, mas isso só iria agravar, pois não estamos a ir ao fundo problema..

 

Uma das coisas que descobri nas pesquisas é que o intervalo para eliminação das fezes pode ir de três vezes por dia a três vezes na semana sem que isso seja considerado anormal.

Por cá estamos de férias e o corpinho já se enquadrou neste modo de preguicite aguda, tendo decidido trabalhar a meio gás. Ora então para tratarmos deste assunto antes que saia daqui com uma pancinha à Fernando Mendes, ficam algumas dicas a aplicar:

 

 

 

Fibras solúveis

Para regular o intestino devemos comer mais alimentos crus e investir nas frutas como maçãs, morango, polpa de maracujá, verduras, aveia, cevada, leguminosas (feijão, lentilha, soja, grão de bico), farelo de trigo e farelo de aveia.

 

 

Fibras insolúveis

Aumentam o bolo fecal e aceleram o tempo de trânsito intestinal, retêm água e deixam as fezes macias.

São eles: grãos integrais, farelo de trigo, soja, centeio e verduras são boas fontes de firas insolúveis.

 
 

Beber água

As fibras insolúveis retém água por isso convém que ao consumir fibras se beba também muito pois o intestino pode ficar ainda mais preso. 

 

 

Investir nos alimentos probióticos

Estes, contêm bactérias que são ótimas para o funcionamento do intestino pois diminuem a formação de gases e ajudam à formação do bolo fecal. São exemplos disto os iogurtes e leite fermentado .

 

 

Mastigar bem

Triturar bem os alimentos facilita todo o restante processo do organismo.

 

 

Respiração profunda

Os movimento da entrada e saída profunda do ar fazem uma massagem interna nos seus órgãos, por isso toca a praticar exercício físico a pensar na respiração.

 
 

Fazer caminhada

Ao fazermos exercício físico, no caso da caminha cerca de meia hora por dia, estamos a estimular o intestino. Devemos fazê-lo principalmente após as refeições para massajar os órgãos internos.

 

 

Não apertar as vontades

 

Se não respeitarmos os timings as fezes se acumulam-se e o intestino vai absorvendo a água contida nelas, o que dificulta a defecção posterior.

 
 

 

Evitar os laxantes

Os problemas causados pelo uso  prejuízos do uso são irreversíveis e viciam. 

 

 

Agora é por em prática tudo direitinho e rezar para que o corpinho faça a sua parte.

 

 

 

 

 

 

 

 

Corpinho morenaço mais rápido e por mais tempo

 

IMG_1892.JPG

 

 

Tá aí o Beroum (com prenuncia do norte) e com ele a vontade de ter aquela cor que dá charme aos corpos sarados de todo um trabalho de inverno no ginásio, para que o nosso biquíni fique valorizado,  para usarmos a mini saia comprada para os sunsets e exibir aquela pernaça brown.

 

Como potenciar esta cor e ao mesmo tempo fazê-la durar?

 

Uma boa alternativa ao desespero de exposições solares prolongadas e por vezes perigosas, é investirmos na comidinha. (lá tinha de vir ela...)

O segredo está em adicionar à nossa dieta  alimentos ricos em betacarotenos, vitamina A, vitamina E e flavonoides.

 

 

Mas afinal o que são estes palavrões todos que mais parece nome de medicamento?

 

O betacaroteno é um pigmento carotenoide antioxidante que o nosso organismo converte em vitamina A que produz melanina. Este pigmento vai proteger a pele contra os raios solares e com a nossa exposição ao sol, os melanocitos (onde se forma a melanina) vão acelerar a acção e a pele escurece e como os betacarotenos são antioxidantes, previnem também  o envelhecimento da mesma.

 

Corrida à mercearia do tio Manel para encher o frigorifico com vegetais: repolho, o agrião, o brócolos, espinafres, cenoura, o mamão, a manga e a abóbora.

 

Outros  antioxidantes são as laranjas, o caju e o abacaxi e alimentos ricos em vitamina E pois também tem capacidade antioxidante ótimo no combate ao envelhecimento. Os produtos estrela são então: nozes, sementes, grãos e os vegetais de folhas verdes como a alface e o agrião.

 

Importante neste processo são ainda os flavonoides, pigmentos naturais que protecção contra os agentes oxidantes: raios ultravioletas, agentes de poluição e substâncias químicas.

Auxiliam na absorção de vitamina C e têm propriedades anti- inflamatórias.

 

Onde encontrá-los?

 

Nos chás, como o verde e em alimentos como tomate, uvas, cerejas,  ameixas, cebola entre outras frutas e vegetais.

 

Para além disto devemos beber muitos líquidos, entre 1,5l e 2L por dia para a hidratação da pele, um bom funcionamento intestinal, na manutenção da temperatura corporal ideal, na reestruturação celular,, mucosas e pele.

 

Uma alimentação equilibrada é a chave para tudo, ao aplicarmos estes procedimentos no nosso dia-a-dia estamos não só a potenciar aquele bronze, como a tratar da nossa saúde e a caminhar para aquele corpinho definido.

Dá-lhe na fruta e no vegetal! 

 

 

Pág. 1/3

Mais sobre a coelha

foto do autor

Pub

Parceiros

lista de parceiros

Vasculhar

 

Correio

Instagram

Facebook

Bloglovin

Follow

Baú

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D